Cartaz Mapa da Dor

Guie seu paciente com dor crônica a um nível de percepção e motivação mais vantajoso em UMA sessão!

Uma pessoa com dor sente-se perdida e não sabe o que fazer mesmo após ter passado por vários profissionais da saúde.
Uma pessoa com dor tende não ver nada a não ser o desconforto e os aspectos negativos relacionados à dor.
Sofrem por não saber lidar com a dor e não encontram profissionais qualificados nessa área de atuação.

Oferecer informações sem ter certeza do que está falando é perigoso e é um dos fatores que aumenta a quantidade de pessoas com dor crônica a cada ano. Só no Brasil são mais de 54 milhôes de pessoas, ou seja 30% da população.

Junto com a falta de informação sobre o assunto, os pacientes ficam muitas vezes abertos às dicas de profissionais e pessoas que podem piorar a situação ou tornar o caminho da recuperação mais longo.

Tais informações levam o paciente a seguir “cegamente” informações oferecidas pelos meios de comunicação ou pelos profissionais da saúde e podem aprisionar as pessoas na “cidade da manutenção da dor. É como receber informações de alguém que não sabe onde está ou sair por aí caminhando com os olhos vendados.

Encontre aqui um “Mapa” para ajudar seu paciente a voltar a fazer o que deseja e descobrir bem-estar!

O “Mapa” pode ser uma ferramenta, que nas mãos de uma pessoa habilidosa, pode retirar a venda dos olhos da pessoa e deslizar a pessoa ao bem-estar.

Os 3 fatos que você precisa entender antes de tratar uma pessoa com dor crônica:

1- a confiança estabelecida no profissional é fundamental para o manejo da dor crônica. Se o paciente não entender o que você fala, se não perceber que você entende profundamente o que ele está passando – esqueça! O tratamento está prestes a fracassar.

2- a parceria entre paciente e terapeuta é fundamental para a melhora da experiência dolorosa. Se o terapeuta não despertar o senso de responsabilidade e motivação para o tratamento, dificilmente os resultados serão sustentáveis.

3- o paciente tende a melhorar quando entende o que está acontecendo com ele. Quanto mais perdido ele se sentir, mais difícil será qualquer tratamento. Se o profissional não conseguir clarear o que está acontecendo para o paciente, a terapia já vai começar mal;

Os 7 benefícios em utilizar o “Mapa” como uma ferramenta terapêutica:

1- ajuda o profissional não perder de vista os objetivos da sessão em um paciente com dor crônica;

2- oferece uma maneira simples de iniciar uma conversação sobre o estado atual, o estado desejado e as interferências ao longo do caminho;

3- por ser ilustrado, o paciente pode levar uma cópia para casa e realizar alguns exercícios criados pelo terapeuta;

4- oferece uma explicação lógica tanto para o desenvolvimento quanto para a persistência de uma dor;

5- oferece várias possibilidades e alternativas para conduzir o paciente à melhora da experiência dolorosa logo na primeira sessão;

6- é uma maneira de enxergar uma pessoa que tem dor crônica e por isso permite que o profissional utilize sua própria criatividade em utilizar o “Mapa”;

7- é esteticamente bonito quando colocado em um quadro no seu consultório e aumenta credibilidade e rapport logo no inicio da sessão.

Mesmo se você não adquirir o cartaz do “Mapa” e os 2 bonûs que você vai ver logo abaixo, sugiro que leia alguns artigos para aumentar gradativamente seu conhecimento sobre o manejo da dor.

Quais são os três grandes objetivos da terapia em pessoas com dor crônica?

Os conceitos do Mapa da Dor utilizados por profissionais

Será que as metáforas criadas para explicar a dor são vantajosas?

Adquirindo hoje o cartaz do “Mapa da Dor” você vai receber 2 bônus adicionais. Vale lembrar que esses bônus não vão ficar disponíveis por muito tempo:

Com a imagem enviado para seu e-mail do “Mapa da Dor” você pode, por exemplo, fazer um cartaz de 65cm X 45cm do “Mapa da Dor”
+
Bônus 1 – Explicando o “Mapa”:
Informações preciosas de cada etapa do mapa. Extremamente importante para identificar os aspectos que podem dificultar a caminhada de uma pessoa em direção à recuperação.

Com esse material você vai entender o que é a:

– “cidade do bem-estar” ;

– cada local da “rodovia da sobrecarga”;

– os locais sombrios da “cidade da manutenção da dor;

– e começar a vislumbrar as estartégias para conduzir seu paciente a um nível maior de bem-estar.

 +
Bônus 2 – Um script completo de como apresentar o “Mapa da Dor” para o paciente

é uma maneira metafórica desenvolvida especialmente para aumentar o vinculo entre terapeuta e paciente, apresentar o prognóstico, os fatores de risco de uma dor, fatores que podem influenciar a experiência da dor. Dessa forma você pode colocar o paciente em uma perspectiva biopsicossocial e o paciente pode começar a entender que ele é uma parte fundamental do processo de recuperação.

Com esse material você pode ajudar o paciente:

– Reduzir a sensação de fracasso em relação aos tratamentos anteriores mal sucedidos;

– Enfraquecer o foco nos efeitos negativos da dor;

– Reduzir os efeitos negativos da falta de apoio e compreensão;

– Reduzir a dúvida do que está acontecendo com ele;

– Resignificar a crença errônea de que existe alguém capaz de “curá-lo” (dependência)

Em uma sessão e através de uma conversa com o paciente, você será capaz de:
– Aumentar a motivação do paciente para o tratamento;

– Levar o foco para os pequenos detalhes que fazem-no perceber a melhora;

– Dar suporte e a sensação de que tem um parceiro para se recuperar;

– Esclarecer o que está acontecendo com ele, eliminando incertezas e crenças negativas;

– A confiança de que ele é responsável pela melhora.

Para receber agora o cartaz do “Mapa da Dor”, o bônus 1 – Explicando o Mapa e o bônus 2 – Scritp do Mapa da Dor,  preencha os dados e clique em comprar AGORA. Você receberá em seu email dentro de instantes.

Clique no botão abaixo para comprar a versão digital e em alta resolução do cartaz do Mapa da Dor, por APENAS R$50,00!





Últimas Postagens

Onde estamos

Rua Jorge Augusto, 668 - São Paulo/SP
Celular: (11) 99303-2792
Website: http://mapadador.com.br
Email: contato@mapadador.com.br