O que acontece com você e com a dor, se você se projetar para o futuro… onde você se sente muito bem?

O que acontece com você e com a dor, se você se projetar para o futuro… onde você se sente muito bem?

Pessoas foram divididas aleatoriamente em dois grupos. Os pesquisadores queriam que elas sentissem dor nas mãos. Então algumas pessoas tiveram que mergulhar a mão em uma bacia de água e gelo pelo tempo máximo que podiam. A gente sabe que as pessoas costumam sentir dor na mão com isso! E outras mergulhavam em uma bacia e água morna agradável.

No entanto um grupo, imediatamente antes disso, teve que escrever um texto sobre sua vida no futuro quando tudo já tivesse da melhor forma possível. “Pense sobre o seu melhor “eu” imaginando você no futuro, quando tudo já estivesse bem e da melhor maneira possível. Você trabalhou duro e conseguiu alcançar todos os objetivos da sua vida. Pense nisso como a realização de seus sonhos, você alcançou seu potencial total.” Pense por um minuto o que você vai escrever, escreva direto por quinze minutos e depois fique cinco minutos imaginando o que você escreveu (grupo dos “otimistas”).

Outro grupo teve que escrever um texto neutro sobre um dia típico. “Pense em seu dia típico. Tome nota dos detalhes comuns do seu dia em que você geralmente não costuma pensar. Pode incluir aulas particulares ou encontros que você tem, pessoas que você conhece, coisas que você faz, pensamentos típicos que você tem durante o dia. Pense nisso, se movendo pelo seu dia típico, hora após hora.” Pense por um minuto o que você vai escrever, escreva direto por quinze minutos e depois fique cinco minutos imaginando o que você escreveu (grupo “neutro”).

Depois de escreverem o texto e imaginarem, passaram pelo experimento de dor. Logo depois passaram por um experimento em que tinham que decorar algumas palavras – resolver umas contas matemáticas (para que eles pudessem se esquecer das palavras) – e depois foram testados quanto eles podiam lembrar das palavras apresentadas no inicio.

Então os pesquisadores queriam saber se os “otimistas” ou os “neutros” tinham sentido mais dor e qual foi a diferença no teste da memoria. Os pesquisadores perceberam que não houve diferença na percepção da dor entre os otimistas e os neutros. No entanto, no geral as pessoas que passavam pela experiência da dor na mão pela água gelada tiveram desempenho prejudicado no teste de memoria! Ou seja, a dor afeta a memoria! Talvez a memoria de eventos bons da vida!

Agora, o mais interessante é que eles descobriram que as pessoas que escreveram e imaginaram uma situação futura onde tudo está maravilhoso (grupo dos otimistas), impediram que o desempenho no teste de memoria caisse! Ou seja, o otimismo funciona como um antídoto para a memoria quando se tem uma dor!

Na minha opinião, esse estudo também sugere que um profissional poderia facilitar o otimismo para evitar as consequências negativas da dor. Para isso, poderia utilizar estratégias de comunicação que projetam as pessoas para o futuro.

Para saber mais como fazer isso… Comunicação Hipnótica para o Alivio da Dor

Referência: Increasing optimism abolishes pain-induced impairments in executive task performance. DOI: 10.1016/j.pain.2013.10.014

Últimas Postagens

Onde estamos

Rua Jorge Augusto, 668 - São Paulo/SP
Celular: (11) 99303-2792
Website: http://mapadador.com.br
Email: contato@mapadador.com.br