Consultoria e Parceiros

 

 

 

 

 

Consultoria para Clínicas e Convênios

Cerca de 30% da população apresenta dor crônica.
É comum pacientes fazerem mais de 30 sessões de fisioterapia. Pacientes que entram para serem atendidos com uma dor, muitas vezes cruzam a linha que divide a dor aguda da crônica. Os pacientes com dor crônica fazem um caminho dentro do sistema de saúde os quais estão inseridos. Existem aspectos que ocorrem ao longo desse caminho que pode ser vantajosos ou desvantajosos para a transição de uma dor aguda para crônica e para o tratamento da dor crônica. Muitos pacientes, ao finalizarem as tradicionais 10 sessões de fisioterapias, precisam de mais sessões ou retornam  com a mesma queixa após um tempo. Ao invés de refletir, e verificar o que pode ser feito de diferente, a estratégia de tratamento é feita da mesma forma.

Apesar dos conhecimentos científicos adquiridos nos últimos anos, os fisioterapeutas de clinicas e hospitais ainda não os colocam em pratica. Essa distância entre os conhecimentos existentes e a prática clínica pode ser reduzida pelo trabalho de consultoria. Otimizando o sistema de atendimento de pacientes com dor.

Primeiro, a enorme maioria dos estudos são escritos em inglês, e a maioria dos fisioterapeutas não conseguem ler inglês. Dessa forma, os fisioterapeutas utilizam em sua pratica clinica, conhecimentos de livros, do que aprenderam ha anos na faculdade e na sua experiência pratica. Ou seja, utiliza conhecimentos antigos e limitados.

Segundo, existem muitos cursos existentes na área da fisioterapia. Os fisioterapeutas realizam-os, mas não tem nenhum acompanhamento.  Muitas dessas informações podem ser passadas na  própria clinica. Isso despende menos tempo e pode-se tornar mais eficiente por existir acompanhamento.

Terceiro, os fisioterapeutas costuma tratar seus pacientes, mas apresentam poucos dados para demonstrarem se suas intervenções alcançaram ou não seus objetivos. Existe uma cadencia em avaliações de capacidade funcional, dor, aspectos psicológicos e comportamentais, taxa de retorno, utilização de medicação entre outras informações importantes. Isso leva à perpetuação de um sistema inadequado para o tratamento de pessoas com dor crônica.

Quarto, existem fortes evidencias de que a educação e outras abordagens biopsicossociais podem favorecer o tratamento de pessoas com dor crônica, no entanto pouquíssimos locais integram esses tipos de abordagens.

Nesse tipo de sistema ocorre superlotação, impossibilidade de um atendimento adequado, desmotivação dos profissionais e pouco sucesso terapêutico.

A International Association for the Study of Pain incentiva medidas modernas para evitar a transição de uma dor aguda em crônica e melhoras no tratamento de pacientes com dor crônica. A consultoria do “Mapa da Dor” visa atender essa necessidade.

Para saber mais envie o nome da sua empresa e contato para nosso email.
Entraremos em contato imediatamente para esclarecer o trabalho de consultoria do Mapa da Dor.


Clientes e Parceiros

 

 www.actinstitute.org
logo-act1

 

 

 

 

 

Últimas Postagens

Onde estamos

Rua Jorge Augusto, 668 - São Paulo/SP
Celular: (11) 99303-2792
Website: http://mapadador.com.br
Email: contato@mapadador.com.br